10 Perguntas e Respostas sobre Pensão Alimentícia

As perguntas mais comuns sobre pensão alimentícia! Confira! Sua dúvida pode estar respondida aqui! São muitas as dúvidas sobre pensão alimentícia, aqui reservamos as mais comuns, esperamos que a sua dúvida esteja entre elas. 1 […]

As perguntas mais comuns sobre pensão alimentícia! Confira! Sua dúvida pode estar respondida aqui!

São muitas as dúvidas sobre pensão alimentícia, aqui reservamos as mais comuns, esperamos que a sua dúvida esteja entre elas.

1 – O que é a pensão alimentícia?

É todo o necessário para suprir as necessidades de alguém, tais como moradia, alimentação, educação, saúde e lazer. Em regra esses valores são fornecidos pela família respeitando a necessidade e possibilidade.

2 – Quem recebe?

Comumente é paga aos filhos, porém os alimentos são recíprocos podem ser pagos aos pais, avós, netos, tios etc.

3 – Como é determinado o valor?

O valor deve observar a necessidade do filho e possibilidade financeira de quem está obrigado a prestar os alimentos.

4 – Como é feito quando o prestador não tem salário fixo?

Normalmente é fixado com base em salário mínimo, mas também podem ser estabelecido pelo padrão de vida do prestador.

5 – Como solicitar?

Se o filho não tiver sido registrado, deverá ser proposta, ao lado do pedido de alimentos uma investigação de paternidade. Assim, é preciso ter documentos que comprovem a necessidade e possibilidade dos alimentos.

6 – Qual a idade máxima para o filho receber a pensão alimentícia?

Regra: 18 anos. Exceção: 24 anos se estiver na faculdade.

7 – Completada a maior idade a pensão é exonerada automaticamente?

Não, é necessária uma ação judicial.

8 – Os avós podem ser obrigados a pagar pensão alimentícia aos netos?

Sim, mas somente nos casos em que os pais não puderem prestá-la.

9 – O pai pode cobrar pensão do filho?

Os filhos maiores têm o dever de amparar os pais quando estes necessitem; como na velhice ou na enfermidade.

10 – O valor da pensão pode ser revisto?

Poderá ser realizada uma revisão judicial da pensão quando ocorrer mudança na situação financeira de quem paga ou na de quem recebe.

Sobre João Rodholfo

Editor do blog, trabalha como advogado e professor universitário. Judoca aposentado. Site: WS - Advocacia e Consultoria.

Gostou deste artigo? Então receba nossas atualizações por email! É grátis!

Insira seu email: